30.1.15

Boyhood: O melhor de Hawke e Arquette

Há algum tempo que eu e a Bru estávamos ansiosos para ver qual seria o resultado dos 12 anos de filmagem de Boyhood. O diretor Richard Linklater quis acompanhar o crescimento dos atores para fazer um filme com muita personalidade.


Boyhood conta a história de um casal divorciado e a criação do filho mais velho deles, Mason. Tudo começa quando o garoto tem 6 anos, e o segue até a faculdade, com 18 anos. Além de contar o relacionamento das crianças com os pais, Olivia (Patricia Arquette) e Mason (Ethan Hawke).

Essa história de ter demorado 12 anos para filmar, é uma grande perda de tempo. Porque além do fato dos atores serem os mesmos, isso não influencia em nada no filme — mesmo porque os atores "mirins" são bem fracos.

Linklater poderia ter feito um filme com atores diferentes interpretando o mesmo personagem e ter filmado em um ano ou menos. Menos gasto, talvez até uma melhor atuação. O que vale mesmo a pena no filme é a atuação de Patricia Arquette.

Patricia Arquette e Ethan Hawke salvaram o filme


Olivia Evans é uma mulher que não tem muita sorte com relacionamentos — exceto com Mason Evans. Ela só busca em diferentes idades e classes sociais e só encontra mais do mesmo: bêbados. Enquanto isso, Mason segue sua vida numa boa.

Tudo é mais fácil para ele, claro, ele é homem. No começo a Bru ainda achou que ele tivesse um caso com o cara que dividia apê com ele (e é músico), mas não. A história foca muito na vida de Mason Jr, o filho mais velho.


Este tem uma infância conturbada com os diferentes padrastos que surgem, diferentes "irmãos" que aparecem, mas sempre sabendo que sua mãe está lá e seu pai aparecerá a cada dois finais de semana. Isso o tranquiliza.

Não considero um grande filme — muito menos para concorrer ao Oscar —, mas é interessante para assistir. É legal para ver as características das pessoas, a diferença entre elas, e, muitas vezes, sua semelhança.

Sei que muitos de vocês vão me xingar nos comentários, mas achei que se é pra gastar 12 anos num filme, que seja algo épico — e não foi. Foi uma história que Woody Allen faria melhor... muito melhor! ;)

Vejam o trailer de Boyhood:






4 comentários :

  1. tô doida pra ver esse filme, tô me sentindo tão atrasada! hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguns filmes deixam essa sensação na gente, né?! rs Corra e depois venha contar o que achou! ;)

      Excluir
  2. eu comecei a assistir esse filme, mas ele é incrivelmente longo, e as cenas longas deixam o filme mais cansativo ainda. Porém, eu ainda quero terminar de ver. Concordo com você sobre a duração das filmagens, dava para fazer tudo isso em um ano, sem todo esse trabalho.

    http://www.prefirobsides.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! O negócio já é lento e ainda tem aquelas cenas looooooongas... hehehehe

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...