15.8.14

Old is cool: Minha lista de games!


Como todos sabem, sou um viciado em games. Porém, não sou jogador de video game, mas sim de computador. Aliás, o último console que comprei foi um Nintendo 64 — porque não tive um quando era criança.

Depois de Mega Drive e do N64, o mais atual que tenho (que ganhei da linda da minha cunhada) foi o PlayStation 2 que me fez finalmente entrar na "briga" entre caixistas e sonystas — a qual ainda não faço parte, pois sempre serei PCista.

Mas o que tudo isso tem a ver? Bom, resolvi fazer uma lista de jogos oldschool que gosto. Essa lista traz games de consoles pré-terceira geração, ou seja, antes de Xbox 360 e PlayStation 3. A maioria é de Mega Drive, Master System e Nintendo 64 que são os video games que mais gostei de ter e jogar.

8.8.14

Lamen para os dias frios

Dia desses, algum sábado que fazia muito frio em São Paulo, resolvi carregar o Dayan para fazer uma coisa que eu queria há muito tempo: comer lamen.


Uma das minhas coisas preferidas da vida é comida (duh! todo mundo sabe disso, Brunna) e eu adoro experimentar coisas novas. Amo comida japonesa, mas nunca tinha experimentado lamen (que é comida japonesa, mas sua origem é chinesa) e tinha tudo para que eu amasse logo de cara!

Lamen (ou ramen), sendo bem sincera, é um sopão! Com o caldo feito de missô () e tudo o que você imaginar lá dentro: alga, carne de porco, ovo, macarrão, legumes, broto de bambu... Eu pedi um com carne de porco, da qual eu não gostei e passei para o Dayan. Também notei que eu adoro a alga, mas quando ela está sequinha e crocante em volta do temaki, por exemplo, mas no lamen não me agradou. Eu experimentei o lamen do Dayan e achei que estava mais saboroso, apesar de ter gostado do meu. O dele tinha legumes e tinha uma certa semelhança com o yakissoba.

31.7.14

Querida Wendy: Armas nunca são pacíficas


Finalmente vimos um filme que passou pelas mãos de Lars Von Trier e eu gostei! Não me odeiem, mas é que não gosto muito dos filmes que ele dirigiu/escreveu, acho chatos e, meio que sem um propósito. Em Querida Wendy, Lars foi roteirista e criou um cenário espetacular como pano de fundo para uma história densa e cheia de personagens.

Temos Dick (Jamie Bell — quem se lembra dele dançando como Billy Elliot), um jovem morador de Estherslope que, ao contrário de todo o resto da cidade, não quer trabalhar na mina. Começa, então, a trabalhar em um mercado e — apesar de se autoproclamar pacifista — compra uma arma de brinquedo para o aniversário do filho de sua governanta, Sebastian (Danso Gordon).

Dick não dá o presente e começa a se fascinar pela arma. Stevie (Mark Webber), que trabalha com ele, descobre e mostra que também é fascinado por pistolas e revólveres. Os dois começam, então, a estudar sobre o assunto e sua autoestima melhora bastante. Agora não são mais "perdedores", eles passam a olhar nos olhos das outras pessoas e andar de cabeça erguida entre os trabalhadores da mina.

Resolvem que se eles podem melhorar como pessoas, outros "perdedores" de Estherslope também podem! Então, convocam Susan (Alison Pill), Freddie (Michael Angarano) e Huey (Chris Owen) para o grupo que passam a chamar de Dandies.

Os Dandies tem extrema fascinação por armas, treinam tiro, estudam a parte técnica de cada modelo e cada integrante tem uma arma que é tratada como um ser único. Todas possuem um nome e não podem ser tocadas por ninguém, a não ser pelo seu dono. Wendy, é a arma de Dick! ;)

18.7.14

3 trilhas sonoras para dias nublados


Eu adoro trilhas sonoras. É uma parte marcante do filme para mim e tão importante como a fotografia e o roteiro. Sempre que eu posso, faço algum comentário sobre as trilhas sonoras dos filmes que acho interessante (lembram que eu falei da trilha sonora dos filmes NebraskaInto the Wild e Away we go, por exemplo?).

Hoje resolvi falar de três trilhas sonoras que marcaram minha vida, e também que são ótimos para dias como hoje, nublados e chuvosos. Todas têm estilos bem diferentes entre si, mas que dizem bastante sobre mim — e sobre meu  gosto musical. Dependendo de como está meu humor no dia, eu simplesmente ligo qualquer um desses álbuns e meu dia muda completamente! Organizei os filmes por ordem cronológica, mas você pode simplesmente ouvir em qualquer ordem, que vai ser uma experiência igualmente incrível! Então vai lá fazer um chá e bora?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...